Atestado de boa conduta

O atestado de boa conduta, também conhecido como certidão negativa, normalmente são requisitadas para quando se começa um novo emprego ou quando a pessoa deseja adotar uma criança, por exemplo. Nada mais é do que um documento comprovando e atestando que você tem caráter, idoneidade, civil, moral ou financeira, bons princípios e nunca cometeu qualquer tipo de crime.

É uma ótima e rápida forma de comprovar para aquele que está requisitando seu atestado de boa conduta que você não ultrapassou os limites de nenhuma lei e pode, por exemplo, assumir um cargo de confiança de forma tranquila, mostrando que você não vai trazer futuros problemas para a empresa.

No exemplo de adotar uma criança, esse documento vai comprovar que você tem plenas condições de cuidar dela. Uma pessoa que já tenha cometido crimes, provavelmente vai ser considerada como alguém que não possui idoneidade suficiente para criar um outro ser humano, que terá todo seu caráter ainda construído.

É um documento, então, com valor de provar que a pessoa não tem problemas com a justiça e que, portanto, está apto para atingir seus objetivos.

Para que serve o atestado de boa conduta

Esse documento serve para provar que você não cometeu nenhum crime, mostrando que é apto para atingir seu objetivo, seja ele qual for, como, por exemplo, começar em um novo emprego. Pode ser pedido, inclusive, já nos processos seletivos, antes mesmo de conseguir sua vaga. Ou ainda, para adotar uma criança, comprar um imóvel, etc.

Esse atestado de boa conduta tem valor comprobatório, podendo ser mostrado em qualquer parte do Brasil, mesmo sendo emitido por outra região. Serve, principalmente, para apresentar a um novo empregador ou qualquer outra pessoa que esteja fazendo o pedido de seu atestado, e mostrar que você não cometeu nenhum crime e pode assumir seu novo emprego.

Pode acontecer de o atestado de boa condutar estar errado e falar que você já cometeu algum delito. Isso acontece muito com pessoas que possuem nomes muito comuns, mas pode ser resolvido procurando uma autoridade.

Como emitir um atestado de boa conduta

Antigamente, era necessário fazer a emissão do atestado de boa conduta pessoalmente, sendo preciso se locomover até a Justiça Federal ou alguma delegacia da polícia civil ou federal, dependendo de qual atestado era necessário. Isso demandava muito tempo, tanto da pessoa que estava indo atrás de emitir o atestado de conduta, tanto do funcionário que precisava atender as pessoas ali presentes dentro de um limite de horas.

Como é um atestado bem requisitado, todos os dias sempre tinha pessoas procurando, muitas vezes com filas muito cheias e atrasava até mesmo outros serviços que deveriam ser feitos. Por conta do número de pessoas, muitas nem conseguiam ser atendidas no horário certo e tinham que voltar no dia seguinte.

Atualmente, é possível fazer a emissão do atestado de boa conduta por meio da internet. Dessa forma, não é mais necessário passar horas em alguma fila só para retirar esse atestado. Essa mudança de retirada pessoal para retirada online, foi feita, entre outros motivos, porque é um documento muito pedido, principalmente porque os empregadores sempre pedem aos seus futuros funcionários antes de fazer a contratação de fato.

Para conseguir emitir o atestado de boa conduta online, é necessário entrar no portal da Justiça Federal. Nesse site vai ser possível emitir documentos referentes a todas as regiões do Brasil. Por isso, vai ser preciso saber exatamente qual é a região judiciária de que você precisa.

Isso acontece porque os estados ficam divididos por regiões judiciárias, no site da Justiça Federal e, apenas através das regiões, que vai ser possível emitir o seu atestado. Para saber corretamente qual é a sua região, procure a tabela informativa localizada no próprio site da Justiça Federal. Guarde bem qual é e depois clique no link de validar ou emitir a certidão.

Primeiramente, vai ser necessário preencher os campos que são requisitados, como CPF e nome completo. Depois escolha se você quer um atestado de boa conduta abrangendo as varas Criminal ou Cível ou se você precisa emitir de apenas uma das varas.

Feito isso, está pronta a sua certidão. É só imprimir.

Compartilhe com os amigos

Deixe um comentário